sábado, 16 de julho de 2016

Cobertura espiritual? Quem você pensa que é "cara pálida"?

De tempos em tempos ouço esta conversa de pessoas que saem de certas igrejas e que o seu líder antigo declara que estão amaldiçoados porque perderam a cobertura espiritual que estes proporcionavam e que lhes protegia do mal.
Ora, quem tem autoridade para cobrir alguém e proteger é Deus através da obra salvífica de Cristo na Cruz e do ministério do Espírito Santo na vida da Igreja e não homens seja qual for seu poder de persuasão ou carisma.
Este negócio de dizer que o irmão que abandona sua denominação agora saiu da visão ou do plano de Deus não passa de um discuso barato e satânico.
Deus não permite que ninguém tome o seu lugar de autoridade e poder.


Ele tem todo o poder nos céus e na terra, não homens ou qualquer outra criatura, mesmo que sejam seus filhos.
A Igreja não tem este poder e muito menos estes charlatões e pseudo líderes que tentam por manipulação e opressão "prender" as pessoas em currais para satisfazer sua sede de poder e seus interesses pessoais escusos.

Ora, na Bíblia a regra é “eu me sujeito a você e você a mim”, na cobertura espiritual a coisa muda para “eu me sujeito a você e você manda em mim”.
Fuja desta mentirosa "cobertura espiritual", isso nada mais é que pressão psicológica barata. 
Jesus foi muito claro a respeito deste assunto. Ele não anula o principio da liderança, mas afirma categoricamente que o único que tem domínio e autoridade sobre a vida pessoal de alguém é Ele Próprio, todos os outros são irmãos, iguais e se alguém desejar ser diferente, ser maior, então que seja o servo de todos. Isso é incrível!
Jesus é o nosso Senhor e não há outro além dEle. Ele não divide Sua Glória e Seu Domínio com ninguém (Is. 42:8), toda autoridade está sobre Ele (Mat. 28:18). Nós não podemos deixar o fardo suave de Jesus (Mat. 11:30) por um novo jugo de homens dominadores.
Devemos obedecer e honrar aos nossos líderes, eles estão numa posição espiritual que lhes atribui este direito e esta responsabilidade, mas não devemos nos submeter ao domínio pessoal deles, pois aqueles que tentam dominar nossas vidas não representam a vontade de Deus, mas a de si mesmos. Não existe autoridade pessoal no que tange a Igreja de Cristo, a autoridade não é de uma pessoa mas de Cristo, de Deus.
O verdadeiro líder cristão é aquele que ensina o discípulo a guardar o que Jesus ensinou (Mt 28:20), é alguém que serve a todos (Mc 9:35), que exorta e aconselha segundo os princípios do Evangelho (At 14:22), que busca não ser pesado e que age com sabedoria e ama a cada um dos discípulos (II Co 12:14).



Se você meu irmão ou irmã está numa igreja ou denominação onde o líder (apóstolo, bispo, pastor, "semi-deus", etc) usa destes artifícios para com o povo que ali está, fuja o quanto antes e procure uma igreja que ama e se fundamenta na Palavra de Deus e não em doutrinas de homens.
Saia enquanto ainda não foi ferido e usado por estes farsantes e inimigos do Evangelho de Cristo.
Deus certamente o ajudará em sua busca e nova vida e, sem dúvida, julgará aqueles que em Seu nome enganaram a muitos dos Seus pequeninos.






Pr. Prof. Magdiel G Anselmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seus comentários. Sua opinião é importante. Participe.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...