terça-feira, 3 de junho de 2014

A "unção das vassouras". Só faltava essa...

É isso mesmo caro leitor.

Eu pensei que já tinha visto tudo em matéria de práticas sem fundamento ou base bíblica nas igrejas, mas essa conseguiu me surpreender. A "unção das vassouras" feita em uma dita "campanha" para limpar a vida dos participantes é uma dessas práticas que entristecem os cristãos fiéis a Deus e somente atrapalham o verdadeiro serviço prestado ao Senhor.
Como pode alguém se chamar "homem de Deus" e inventar essa bobagem e ainda usar o nome de Deus para isso? Como pode uma pessoa seguir esses ensinamentos e se dar a esse papel ridículo? 
Por que não pregar a Palavra como ela é sem essas invencionices inúteis?
Por isso que sempre digo que uma "igreja lotada de pessoas" não significa que está "cheia de Deus". 
Lamentável. Fico indignado com esse tipo de coisa. 

O texto bíblico de Mateus 14:11 tem tudo a ver com essa prática: "E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos."





Diante desses absurdos e da realidade de nossos dias é mister que reafirmemos nossas convicções cristãs e bíblicas:

1. Bíblia, a Palavra de Deus.

A Bíblia é a autoridade máxima para todos os cristãos, é o prumo, é a bússola para que possamos estabelecer a partir dela o norte, a direção, para nossa vida e para todo o nosso sistema eclesiástico e doutrinário.
A Bíblia é a Palavra de Deus.
Portanto, tudo deve ser analisado por essa Palavra, tudo deve passar pelo crivo das Escrituras. Todas as filosofias, ideologias, conceitos, concepções e práticas devem estar alinhadas com a Bíblia, se não for assim, estamos dispensados e livres para não segui-las e obedecê-las.
A Bíblia é a única regra de fé e prática do cristão.
Portanto, seja cristão, seja bíblico. Siga a Bíblia e não se iluda com ensinamentos e práticas desvinculadas da Palavra. Seja fiel a Palavra de Deus.
Certamente, Deus se alegrará de sua vida e te dará paz.


"Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra." 2 Timóteo 3:16,17.


2. O cristão autêntico é um estudioso da Palavra.


Um verdadeiro cristão não se contenta com o que já sabe. Sempre está disposto a conhecer mais a Deus e Sua Palavra. Tem todo cuidado em não errar, não pecar e não ensinar a outros heresias e ensinos desvinculados da Palavra de Deus . Por e para isso, é um dedicado estudante da Bíblia e um adepto da oração diária e disciplinada. Lé, memoriza, pesquisa e estuda a Bíblia. 
Além disso, está pronto a ler livros de irmãos sérios e comprometidos com a Palavra, quando pode, faz cursos bíblicos e teológicos para o ajudar nessa tarefa.
Um verdadeiro cristão leva a sério a recomendação bíblica: "conhecer e prosseguir em conhecer ao Senhor". 
Um verdadeiro cristão entende realmente o que é ser discípulo de Cristo.


"Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noitePois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará. Não são assim os ímpios; mas são como a moinha que o vento espalha." Salmos 1: 1-4

3. Os cristãos autênticos devem ensinar a Palavra e confrontar o erro.

Aqueles que conhecem a Palavra de Deus devem advertir para o erro e confrontar o pecado para que a restauração venha a Igreja.
Mas, muitas vezes a omissão da verdade é maior que o desejo de restauração. E para que o irmão não fique contrariado e não afete a “unidade e comunhão da Igreja” não se fala a verdade e se esconde atrás da cortina da covardia e da superficialidade espiritual.
E, sendo assim, mais e mais crentes são ensinados a seguir princípios não bíblicos, a viver segundo valores mundanos e como que levados pelo vento vivem a perambular pela vida sem a orientação e direção de Deus. E o pior, ficam a mercê das heresias tão propagadas em nossos dias e das práticas desvinculadas da Palavra. 
Sofrem mais do que deveriam sofrer e dão a falsa impressão ao mundo que o Cristianismo é só mais uma religião dentre tantas e que o Evangelho não traz equilíbrio e muito menos tranquilidade permanentes (além obviamente, da salvação).
Precisamos levar a sério a Palavra e formar líderes e educadores cristãos responsáveis e tementes à Palavra de Deus. 


"Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos." Amém. Mateus 28: 19,20


"A palavra de Cristo habite em vós abundantemente, em toda a sabedoria, ensinando-vos e admoestando-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando ao Senhor com graça em vosso coração."
Colossenses 3:16

4. Palavra de Deus. Poderosa, real e atual.

"Esses homens são como pedras submersas, em vossas festas de fraternidade, a participar delas sem o devido respeito e apascentar a si mesmos; são nuvens sem água, impelidas pelos ventos; árvores desfolhadas e sem fruto, duplamente mortas, arrancadas pela raiz; ondas bravias do mar, que espumam as suas próprias sujidades; estrelas errantes, para as quais está reservada a negridão das trevas, para além da era. 
Quanto a vós, amados, lembrai-vos das palavras dantes proferidas pelos apóstolos de nosso Senhor Jesus Cristo, os quais vos diziam: No último tempo, haverá escarnecedores, a andar de conformidade com seus desejos de ímpios. São esses os que dividem a si mesmos, são os que são alma e não têm espírito. Vós, porém, amados, edificando-vos na vossa fé tão santa, orando em Santo Espírito, guardai-vos no amor de Deus, na expectativa da misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo, para a vida eterna. E de alguns haveis de compadecer-vos, fazendo a devida distinção. A alguns, em temor, haveis de salvar, arrebatando-os do fogo, detestando até a roupa contaminada pela carne. Ora, àquele que é poderoso para guardar-vos de tropeços, e para vos apresentar, com regozijo, imaculados perante a sua glória, ao Deus único e sábio, nosso Salvador, glória, majestade, poder e soberania, agora e por todas as eras. Amém!"
Judas 12-23

Qualquer semelhança NÃO é mera coincidência.

Conclusão:
Somente pela Palavra combateremos os falsos ensinos e as práticas absurdas que vêmos em muitos locais chamados de "igrejas evangélicas". 

Proteger o rebanho dessas artimanhas de satanás faz parte do dever e ofício pastoral, mas também da vida de todo cristão que conhece e anda com Deus.
Façamos a obra de Deus !

Pr. Magdiel G Anselmo.

4 comentários:

  1. COMO É O NOME DESSA IGREJA E O NOME DESSE PASTOR DÁ NOME AOS BOIS MEU IRMÃO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Graça e Paz irmão Jorge Gonçalves do Nascimento. Essa igreja é em Guarulhos, SP. Chama-se Igreja Evangélica Pentecostal Vasos do Oleiro.
      O Pastor Presidente chama-se Vanderlei Ap. Santos.
      Taí o "nome dos bois".

      Excluir
  2. Nossa, estou vendo isso somente agora,estou chocada, o Pastor Vanderlei na década de 90 não era assim, era um homem muito usado por Deus, dava ensinamentos sobre doutrina ensinando a andar em santidade, não tinha essas coisas não. Como pode isso? Desceu muito no meu conceito!

    ResponderExcluir
  3. Que triste, na década de 90 ele era muito diferente, homem muito usado por Deus,não tinha essas coisas não, fui vária vezes na igreja dele e pude contemplar várias vezes a Glória de Deus na vida desse homem.Logo me mudei para São Paulo e só agora estou vendo isso.Estou muito triste por ver que ele está assim.

    ResponderExcluir

Faça seus comentários. Sua opinião é importante. Participe.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...