segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Mover de Deus = Palavra de Deus, oração e vida piedosa.



Escuto falar muito em "mover de Deus no louvor" e fico curioso para entender como é isso.

Sei que cantar e tocar instrumentos musicais é parte integrante de momentos onde "podemos" exaltar e adorar a Deus. Mas, será que é a exaltação e adoração a Deus que estão enfocando e buscando quando afirmam que houve um "mover de Deus", ou entendem esse mover simplesmente com auto-satisfação, auto-ajuda ou palavras bonitas, melodias agradáveis que emocionam, ajudam a dançar, pular e embalar uma "boa festa" profana?
Será que o alvo dos tais "louvores" modernos são em Jesus ou no afagar do ego humano, num antropocentrismo que chega a irritar, na imitação de atos e costumes mundanos ou na prática de celebrações que visam lucro e fama pessoal? Será que o simples repetir a palavra Jesus faz de uma música uma forma de adoração a Deus ou toda a letra deve estar coerente e alinhada com a mensagem do Jesus da Bíblia?
Eu sei a resposta.
E resumirei-a com as seguintes afirmações:
Todo mover de Deus sempre despertará nas pessoas o desejo ardente pela Palavra de Deus, pela oração e por uma vida piedosa, não por festas, shows ou momentos e prazeres passageiros que não se sustentam e não orientam nossa vida diante dos problemas e dilemas que ela nos traz. 
Todo o mover de Deus nos direciona a Deus e não para pessoas. 
Portanto, menos saltos e pulos, menos mãos "jogadas pra cima", menos exercício físico... e mais, muito mais, joelhos no chão, oração, intercessão, leitura e estudo da Bíblia, mais, muito mais, arrependimento, mudança de vida e quebrantamento... mais, muito mais vida no altar, adoração constante e diária a Deus... mais, muito mais, pregação bíblica, ensino bíblico, evangelismo pessoal e missões e JAMAIS, NUNCA... vidas num palco, fãs (isso é idolatria) e peripécias e artifícios humanos para "chamar a atenção pra si". 
Palco é para artistas, não para adoradores. 
Podemos festejar, celebrar...mas peraí, tudo tem sua forma, local, motivação e objetivo corretos. Nem todos os cristãos são influenciados e infantis nesse sentido, há muitos cristãos que pensam e discernem as coisas.
Festa de verdade faremos nos Céus. Festa de verdade faremos nas Bodas do Cordeiro. Lá cantaremos juntamente com os anjos em adoração e louvor a Deus. Lá vamos "curtir" de verdade o mover de Deus.
Não perdemos por esperar essa grande festa.
Aqui, em suma, é trabalho. Festejamos depois.


"E disse-lhes: Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura."
Marcos 16:15
"Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século."
Mateus 28: 19,20.



Pr. Magdiel G Anselmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seus comentários. Sua opinião é importante. Participe.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...