domingo, 21 de julho de 2013

Como assim "dia da família"??? Como assim dia do "cuidador"??? Mais uma sutileza do inimigo !


Não podemos ficar desatentos. A todo instante a nossa fé é atacada.
Temos que ficar de olhos abertos !
Veja só como as sutilezas do inimigo tentam nos enganar:

Na maioria das escolas de todo país já não são mais comemorados o dia das mães ou o dia dos pais, mas sim "o dia da família" por ordem das autoridades que "administram" a educação em nosso país e os educadores e gestores nas escolas são proibidos de usar a nomenclatura antiga (dia das mães ou pais) e orientados a usar essa nova (dia da família). Não que eu concorde com essas datas, que na verdade são mais comerciais do que realistas, mas a intenção governamental não vem nessa direção, mas sim no apoio a implantação de uma política cada vez mais forte para destruir a instituição "família" como Deus a criou.
A justificativa dada é que hoje em dia já não existe a família como tradicionalmente existia e temos que respeitar essas diferenças.
Lá vem novamente esse ladainha da tal da diversidade e blá blá blá...
Todos argumentos em defesa do homossexualismo ou homossexualidade como queiram.
Portanto, segundo essa política equivocada de "inclusão", se houver a comemoração do dia das mães, os filhos que são criados somente pelo pai ou avós vão se sentir discriminados, da mesma forma com relação ao dia dos pais, pois como defendem, existem famílias que a pessoa do pai não existe e somente a mãe cria o filho.
Ora, esse pensamento não faz o menor sentido, sempre existiu isso e não vejo que as crianças fiquem ou se sintam discriminadas ou desprezadas por serem criadas pelos avós, tias ou apenas a mãe ou o pai.

A verdade é que essas justificativas e argumentações são para ocultar a verdadeira intenção, ou seja, a aceitação das "famílias" homossexuais, onde pessoas do mesmo sexo criam seus filhos e se continuarmos comemorando as referidas festas tradicionais estaremos discriminando essas crianças que não tem pais tradicionais (pai-homem, mãe-mulher).

Uma justificativa imoral que afronta os princípios e valores cristãos.
Concluindo:
Cada dia mais estão tentando influenciar e enganar a população com essas filosofias e práticas, fazendo com que as pessoas aceitem essas anormalidades como sendo uma coisa normal ou natural. 
Os cristãos tem que começar a perceber essas ardilosas artimanhas de satanás que intenciona destruir nossas crianças e consequentemente as famílias e a Igreja.
Quero declarar aqui que sou frontalmente contra isso e totalmente a favor da família tradicional com pai (homem), mãe (mulher) e filhos e entendo que circunstancialmente pode ocorrer filhos sendo criados por avós, tios ou parentes próximos. 
Entretanto, homossexuais não formam uma família.
Nem de longe isso é uma realidade possível.
Família é uma instituição criada por Deus com fins e propósitos já revelados na Palavra.
O que passar disso, é procedência maligna.


 Pr. Magdiel G Anselmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seus comentários. Sua opinião é importante. Participe.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...