terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

TV, Bênção ou Maldição? A Escolha é sua !

Diante de tanta bobagem anunciada e transmitida pela televisão, resolvi escrever sobre os males que esse meio de comunicação pode causar ao cristão.
Não pretendo afirmar que não podemos assistir a TV ou como, os antigos faziam, proibir de possuir, mas bem que eles tinham alguma razão, não acham? Porque diante do que presenciamos atualmente, melhor seria se não tivessemos mesmo esse aparelho em nosso lar e tão acessível a nossa família.
Mas, enfim... repito, não é esse meu objetivo.


Porém, alguns cuidados devem obrigatoriamente ser tomados por todos aqueles que amam a Deus e que desejam fazer Sua vontade.
Veja como e quando a TV ou o televisor podem ser uma maldição na sua vida:

1) Quando substitui coisas valiosas e fundamentais para o cristão

a) Quando substitui o momento de estar em família para juntos (quando coincide) assistirem a seus programas. A atenção não é um para com o outro, mas para o aparelho que se encontra a sua frente. Toda a atenção a televisão, e quando alguém ousa falar algo, logo ouve: PSSSSIIUUU !

b) Quando substitui a leitura da Bíblia por seus programas, novelas, filmes, etc... Substitui-se o Salmo 23 pelo Canal 23, veja o programa que se ensina nesse canal e quais as consequências desse ensino: 
  • "O televisor é o meu pastor, meu crescimento espiritual faltará;
  • Ele me faz repousar nos pastos mundanos para levantar-me vazio das coisas de Deus. Ele toma lugar que eu devia dar a Deus. Faz-me abandonar os meus deveres de cristão porque tenho que assistir aos meus programas prediletos que ele apresenta;
  • Ele renova os meus conhecimentos das coisas do mundo e não me deixa estudar a Palavra de Deus. Ele faz com que eu falte aos cultos ou os assista pela metade, perdendo assim a comunhão com meus irmãos;
  • Mesmo eu estando para morrer continuarei assistindo ao meu televisor enquanto ele funcionar, porque ele é o meu companheiro mais chegado, suas músicas e suas imagens me confortam e me guiam;
  • Ele me oferece muita distração trazendo o mundo para dentro de minha casa, para assim orientar minha família. Ele enche a minha cabeça com o pecado, de modo que o meu cálice transborda e eu estou sempre a falar de seus programas. Falo tanto que a Palavra de Deus não tem mais lugar na minha vida, na minha família e no meu lar;
  • Assim sendo, certamente que o pecado e suas consequências me seguirão todos os dias da minha vida, porque o meu televisor me faz contrariar a vontade de Deus. Assim habitarei no lugar preparado para o diabo e seus anjos, por toda a eternidade." 
 c) Quando substitui o culto na igreja pelo culto pelo televisor. Infelizmente não temos tido bons exemplos de programas "evangélicos" na TV. Ao contrário, o que mais se vê são programas ditos cristãos propagando doutrinas estranhas ao Cristianismo. Somente confundem e atrapalham o trabalho de tantas igrejas sérias que buscam fazer a obra de Deus. Recomendo então, não perder tempo com tais programas. Vá pessoalmente a sua igreja. Lá você encontrará pregação, ensino e irmãos de sua mesma fé.

d) Quando substitui o descanso merecido pelas madrugadas mal dormidas. E vale ressaltar que perde-se horas de sono assistindo programas que nada contribuem para a edificação. São mais contribuições para a perdição e para dissolução e rebeldia do que construção de algo que seja bom. Seja no âmbito espiritual ou mesmo social. Vejam os exemplos nos períodos de carnaval, onde pessoas e até "crentes" ficam assistindo aos desfiles e toda aquela imundícia.

e) Quando substitui a responsabilidade dos pais em educar por pretensos "educadores" e "formadores de opinião" televisivos, com seus maus costumes e opiniões anti-bíblicas. E ainda tem gente que fica assistindo o "inteligente" Jô Soares que sempre faz questão de zombar das coisas de Deus. Devemos sempre lembrar o Salmo 1 que nos adverte: "Bem aventurado o homem que não anda segundo o CONSELHO DOS ÍMPIOS, nem se detém no caminho dos pecadores e nem se assenta na roda dos escarnecedores, antes tem o seu prazer na lei do Senhor e nela medita de dia e de noite..."

2) Quando não se consegue ficar sem ela

Há pessoas que não conseguem ficar sem a TV. São viciadas. Podem até ficar sem uma igreja para congregar, mas sem TV nunca, jamais. Perdem o culto, mas nunca a novela ou o jogo de seu time. É lamentável. E deixa eu dar uma palavrinha para quem faz isso: É pecado o que você faz. Arrependa-se, confesse seu pecado a Deus e não peques mais.

3) Quando não seleciona-se o que assiste

Julgar todas as coisas é um conselho bíblico. Renunciar aos seus desejos e suas vontades em prol do reino de Deus também. Por isso, devemos assistir apenas aquilo que não atiçará nossos desejos pecaminosos. Temos que ser seletivos e ensinar nossa família a também ser. Ficar assistindo programações com pessoas semi-nuas, com defesa e apoio a pecados, como: homossexualismo, adultério, mentiras, farsas, crimes, violências, e coisas semelhantes a essas não é uma atitude cristã. Renuncie a isso!

4) Quando preferem ficar com a TV e não com as pessoas.

Existem pessoas que se escondem e fogem da vida na frente das TVs. Preferem não ter contato com outras pessoas e transformam suas vidas em um cárcere midiático. São doentes e precisam de ajuda. A TV não é uma pessoa. Deus nos fez para viver em comunidade e não como verdadeiros ermitões, escondidos em buracos ou cavernas, disfarçadas de salas ou quartos.

5) Quando perdem tempo e dinheiro em programas televisivos.

Aí então surgem os tais "reality shows". Verdadeiras aberrações que nada tem de útil a ninguém. E, pasmem, existem cristãos que assistem essas abominações e ainda investem dinheiro (ligam pra lá) para votar. Como diz minha filhinha: Me poupe, né? ou como diz um irmão amigo nosso: Vai se converter, rapaz!

Enfim, poderia escrever muito mais, mas não quero cansá-lo. O que desejo é que você, meu leitor, reflita sobre essa questão e faça de seu televisor um instrumento de edificação pra si e sua família.
Por exemplo:
  • Adquira bons filmes e documentários sobre vários assuntos. Existem vários a disposição e os assista em sua TV.
  • Adquira bons dvd's de música evangélica ou não (tem músicas de qualidade não evangélicas como: música clássica, sertaneja de origem, e outras. Vai do seu gosto e de sua família)
  • Filme algumas pregações e estudos bíblicos na sua igreja. Medite nelas durante a semana com a família. Pode até incluir em seu culto doméstico. Vai ser muito edificante para todos.
Além disso, tem muito o que fazer sem a TV ou o televisor. Seguem algumas dicas úteis:
  • Reúna a família para conversarem sobre qualquer assunto. Brinquem, se divirtam. Falem sobre um livro, um acontecimento, brinquem com seu cãozinho ou seu animal de estimação, etc...
  • Existem jogos interessantes para jogar em família com perguntas bíblicas ou não, dinâmicas, etc... Vai ser muito divertido.
  • Se houver algum músico na família cantem juntos algumas músicas. Se não houver, tudo bem, o que vale é estarem juntos cantando. Obs. Pode até ser músicas ditas não cristãs, como já disse, existem boas músicas que não farão vocês pecarem. Mas, se não tiverem certeza, decidam ficar com os clássicos evangélicos.
  • Passeiem. Saiam em família para jantar fora. Andem em um parque ou praça da cidade. Se estiver calor vão tomar um sorvete. Se der fome, comam uma pizza ou algo semelhante. Está frio, tomem uma sopa quente ou uma boa massa. Enfim, o cardápio é extenso...
  • Façam um esporte. Caminhem juntos. Façam algum esporte juntos. Nadem, corram, andem de bicicleta, etc...
  • Leia a Bíblia em família. Comente sobre o que leram. Deixe todos falarem. Orem juntos. Intercedam uns pelos outros. Façam seus pedidos e agradecimentos. Cultuem a Deus em família.
  • Ah sim, e não esqueçam, por amor a Cristo, não deixem de ir a igreja regularmente. Faz bem a saúde física, mental, emocional e espiritual. Faz bem a Família. E não esqueça da EBD, lá toda família aprende a Bíblia.
Percebeu como podemos substituir as coisas ruins da TV por coisas boas. É só pensarmos um pouco e priorizarmos o que realmente é relevante. E tomar a decisão de desligar o aparelho que tanto amaldiçoa vidas atualmente, a tal da televisão.
Aprenda a discernir.
Não estou aqui, repito, a proibir o uso da televisão. Mas, priorize. Selecione o que é edificante. E quando não tiver nada lá que preste. Desligue imediatamente, não vacile. Tome a decisão de abençoar o seu lar.

Deus certamente, fará a parte dele, abençoará sua vida e família.

O meu desejo é que Deus os abençoe rica e poderosamente.

Pr. Magdiel G Anselmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça seus comentários. Sua opinião é importante. Participe.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...